Lokua Kanza

Publicado: 10 de novembro de 2011 por stephanie100africa em Congo kinshasa

Nascido em Bukavu (atual Republica Democratica do Congo) em 1958 de um pai congolês da etnia guerreira mongo e de uma mãe ruandesa tutsi, Lokua Kanza foi sensibilizado muito jovem pelos pais as belezas das melodias.
Na adolescência, morando na capital Kinshasa, Lokua faz de tudo para ir às ruas da cidade e ouvir os ritmos que fazem vibrar as noites de Kinshasa. Como ele diz: “Quando a mãe dormia, as 10, 11h da noite, eu ia fazer o “ngembo” na boate aonde tocava Franco. Isso consista em escaldar o muro para olhar os músicos grátis.”
Com 13 anos, fazendo o “ngembo” no estádio do Kin, ele descobre a grande Myriam Makeba, a mama África. E a revelação: ele resolve dedicar sua vida a musica.
Ele conhece então o artista Ray Lema que vai Ihe oferecer seu primeiro violão. Se interessando para todas as formas de musica, da musica tradicional africana que o impressiona tanto ao jazz ou a musica clássica, Lokua faz seus primeiros passos tocando em pequenas orquestras de bar nas noites agitadas de Matonge.
Com 19 anos, ele dirige o Ballet National de Kinshasa, e acompanha também a grande cantora Abeti. Buscando mais oportunidades para desenvolver seu trabalho, ele vai para Abidjan (Costa do Marfim) e finalmente Paris em 1984. Lá, são muitas colaborações, a começar pela colaboração com o amigo Ray Lema, mas também Papa Wemba ou também o camaronês Manu Dibongo. Em 1992, ele faz a primeira parte do show de Angélique Kidjo na Olympia e finalmente grava seu primeiro álbum: LOKUA KANZA. E o inicio de uma carreira de sucesso que levara Lokua pelos palcos do mundo.
6 discos depois, Lokua volta com um novo álbum, N´Kolo, gravado entre Kinshasa, Rio de janeiro e Paris e lançado em 2010. Pureza da voz, minimalismo dos instrumentos, subtilmente melancólico, sensível, N´Kolo transmite uma sensação de magia.

comentários
  1. Ailton Benedito de Sousa disse:

    Muito bom.

    • stephanie100africa disse:

      Ailton, obrigada pelo recado, meu amigo e parceiro tambem. Grande guerreiro e grande autor, aconselho a todos ler o seu livro Diaspora na Diaspora!

  2. srta disse:

    Amo Lokua. Muito talentoso 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s