T-P Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou; o conto de fada do grupo Tudo Poderoso!

Publicado: 30 de maio de 2012 por stephanie100africa em Benim
Tags:, ,


Grupo mítico da cena musical beninesa e africana dos anos 60 e 70, o Tout –Puissant Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou tinha caído no silencio, até seu encontro com uma jornalista francesa que levou eles pelo mundo e produziu seu novo álbum, Cotonou Club, lançado em 2011.
Nos anos 70, o grupo inflamava o Benim com seu som tudo poderoso. Funk, soul, afrobeat, salsa, o grupo toca todos os estilos, por isso se chama poly-rythmo. Com seus 11 membros, o grupo, nascido na efervescência da independência, conquistou a África toda com seus “poly-rythmos” e tocou também com Fela ou Myriam Makeba, os monstros sagrados da musica africana. Portanto, anos depois, o grupo mais antigo e mais prolifico do continente africano, com seus 42 anos de existência e seus 500 discos gravados, parecia ter sumido, caído no esquecimento…
Em 2007, por acaso, Elodie Maillot, uma jornalista francesa, descobre, em Paris, uma das raras reedições de álbum do grupo e resolve ir até Cotonou para entrevistar o Tudo Poderoso. Mas chegando lá, não encontra, quase não tem mais bars musicais, se as pessoas se lembram do nome do grupo, nenhuma pista permite de encontrar eles… Ela tenta então uma ultima tentativa: a festa da independência, na cidade de Abomey, perto de Cotonou. E lá que Elodie encontra os sobreviventes do grupo Poly-Rythmo, tocando na comemoração.
A entrevista é marcada para o dia seguinte. O Tudo Poderoso faz então um pedido a ela: “Você será nossa empresária e nos levara em turnê fora da África”. O grupo, apesar do seu grande sucesso antigo, nunca tinha saído do continente…
Elodie cumpriu sua promessa, levando o grupo aos 4 cantos da planeta, de Paris a Nova York, passando pelo Brasil ou pelo Canada….
E em 2011, foi o lançamento do seu novo álbum, depois de 25 anos de quase silencio. Com regravações de antigos hits e novas composições, o álbum perpetua a receita magica do grupo com seu groove funk, soul e afro-beat… O disco conta também com a participação da grande Diva do continente africano, a beninesa Angélique Kidjo, e da jovem esperança da World Music, a cantora maliense Fatoumata Diawara.

Mais informações: http://www.polyrythmo.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s