Arquivo da categoria ‘Africa do Sul’

Batuk.jpg

O fenômeno pan-africano  de afro-house Batuk esta conquistando o mundo da musica eletro.

O combo criado pelo genial produtor sul-africano Spoek Mathambo com Aero Manyelo e a cantora moçambicano sul africana Carla Fonseca alias Manteiga esta conquistando as pistas do mundo inteiro. Com seu primeiro álbum, Musica da terra, repleto de convidados de vários países do continente africano (Africa do Sul, Uganda, Moçambique), Batuk provoca uma explosão criativa que se inspira dos diversos imaginários dos artistas.

A África do Sul esta em plena efervescência eletrônica pos-apartheid que convida regularmente a descoberta de novas linguagens musicais. Nesse universo, do “Mzansi Sound”, Spoek Mathambo já é uma estrela. Para o projeto Batuk, a gente encontra ao seu lado o artesão de uma house vitaminada, Aero Manyelo, e a Carla Fonseca, alias Manteiga, interprete moçambicana sul-africana cujo canto português da certa personalidade ao projeto Batuk. A notar também, a forte presença da cantora Nandi Ndlovu. Alem de outros artistas que alimentam essa osmose pan-africana com suas personalidades e historias próprias.

Porque Batuk é isso, esse sincretismo entre a musica eletro, os tambores e os cantos tradicionais.

Entre harmonias vocais e aranjos eletrônicos, o som de Batuk leva a transe com sua house renovada sobre sonoridades afro.

Além de serem os arquitetos de uma experiência sonora excepcional e difícil a entrar numa categoria, os membros do Batuk usam também os ritmos para um discurso contestatório, como na musica Gira, que se ataca com virulência aos conflitos e as violências diversas contra as populações africanas. Ou a musica Puta, onde o canto enraivado denuncia o assedio sexual de rua…

 

 

Madiba FOREVER!!!!!!!!!!!!

Publicado: 5 de dezembro de 2014 por stephanie100africa em # África, Africa do Sul
Tags:, , ,

South Africans Continue To Mourn The Loss Of Their Former President Nelson Mandela
Um ano ja que Madiba se foi… Viva Mandela!


Madiba, herói universal

Publicado: 9 de dezembro de 2013 por stephanie100africa em # África, Africa do Sul
Tags:,

mandela

Seria impensável, impossível Conexão África não homenagear a grande figura da luta contra o apartheid, prisioneiro durante 27 anos, e que se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul. Um homem corajoso, incansável na sua luta pela liberdade e contra o racismo, um modelo de democracia também, ele que recusou a reeleição mais de uma vez como presidente, fato raro no continente africano, e no mundo.

Um homem de uma enorme modéstia, que recusava ser tratado como um “deus”, um homem extraordinário, e que se declarava “apenas um homem ordinário que circunstancias extraordinárias tornaram um líder”.

Pacífico e guerrilheiro, grande estrategista politico, Madiba ficará também na historia como o homem que preservou a paz depois do final do apartheid, perdoando seus opressores e incentivando o povo nesse caminho. Um homem bom, O herói universal.

johannesburg-map
Um programa dedicado à cidade de Johanesburgo e alguns dos seus bairros, SophiaTown, Soweto, CDB, JeoVille. Uma cidade contada (cantada?) em música:

21 março
Esse programa, gravado no dia 20 de março na radio Kaxinawa, é dedicado ao Dia Internacional contra a discriminação racial, decretado pela ONU em lembrança do massacre de Shaperville acontecido no township de Shaperville (África do Sul) no dia 21 de março de 1960, quando a policia abriu o fogo sobre manifestantes negros pacíficos que denunciavam o sistema dos passes que impedia a livre-circulação da população negra durante o regime de apartheid na África do Sul. 69 pessoas morreram e muitas foram feridas.
Esse programa é também o primeiro com a participação do Rafaël, estudante em geografia na UERJ de Duque de Caxias e novo bolsista que trabalhará o ano todo comigo no Conexão África. Bem vindo Rafaël.
21 mars


Vamos com esse programa para a África do Sul, com uma seleção musical misturando os clássicos como Miriam Makeba, Hugues Massekela ou Lucky Dube e artistas mais jovens como Lira, Zulu Boy ou Bongeziwe Mabanda.
Escolhemos de falar desse país porque dia 16 de agosto a policia abriu o fogo sobre trabalhadores em greve de uma mina de platina, 34 morreram, foi um choque enorme na África do Sul e no mundo, com imagens filmando o massacre passando em todas as televisões e lembrando tristes eventos da época da apartheid. Mais recentemente, um juiz condenou uns grevistas para esse assassinou, se baseando sobre uma lei datando da época da apartheid. A decisão de justiça chocou a nação inteira e foi cancelada.
Dedicamos esse programa a esses trabalhadores pobres da nação arco-íris.
Africa do sul 050912


Linda, radiante, talentosa, romântica, a jovem cantora sul-africana, uma das mais premiadas da África do Sul, procura ser feliz através da musica e transmitir mensagens positivas.
Nascida em 1979 em Daveyton, a 30 km de Johannesburg, a cantora de soul-jazz e de afro-pop é um dos nomes mais importantes da nova geração musical sul-africana.
Achei esse clip na sua versão longa no site do meu colega de Kinshasa Narsix: http://www.baziks.net/baziks.html