Arquivo da categoria ‘Ghana’

Entrevista Exclusiva do FOKN BOIS

Publicado: 25 de novembro de 2014 por stephanie100africa em Ghana
Tags:, , , , , ,

Steph fokn bois

Aproveitando a presença da dupla de rap ganense FOKN BOIS no Rio de Janeiro para apresentar seus dois filmes Coz of Moni no festival Uhuru de cinema africano, Conexão Africa realizou uma entrevista exclusiva com  Wanlov The Kubolor e M3NSAH, os dois boys do grupo.

Confesso que eu já era fã dessa dupla sarcástica, tônica, irreverente, uma dupla que faz o maior sucesso com seus clipes impertinentes e cheios de humor, mas eu não imaginava encontrar dois seres tão especiais em termos humanos, dois seres de luz!

Agradecendo também a participação especial de Jacqueline Nsiah, curadora e idealizadora da mostra Uhuru, que teve a gentileza de ser nossa interprete.

O Coz Ov Moni 1, primeiro Musical em pidgin no mundo, já esta disponível no youtube, é uma verdadeira perola:

Em breve no Conexão África: entrevista de Fokn Bois!

Publicado: 15 de novembro de 2014 por stephanie100africa em Ghana

Steph fokn bois

Aproveitando a presença de Wanlov The Kubolor e Mensa Ansah no Rio de Janeiro no festival Uhuru de festival de cinema africano para apresentar seus dois filmes musicais em pigdim, Coz ov moni 1 e 2, Conexão Africa vai entrevistar a dupla Fokn Bois!!!!!!!!!!

Aproveito para recomendar o festival UHURU, mostra de cinema africano pós-independência que esta acontecendo na Caixa Cultural, no Rio de Janeiro, até o dia 23 de novembro, com curadoria da Jacqueline Nsiah e presença de vários diretores de filmes. Para mais informações sobre UHURU: burburinhocultural.com.br/mostrauhuru


Wanlov The Kubolor (Wanlov o vagabundo) e M3NSA são dois artistas que não tem sua língua no bolso!! Vindo de universos diferentes, os dois se juntaram para fazer um rap provocativo, original, escandaloso.
Engajados, abrasivos, eles falam o que os outros pensam baixo.
Os textos chocam: Jesus esta chegando, Transando com uma menina islâmica, Ainda bem que não estou nigeriano… Para dar apenas alguns exemplos… Esses dois que são tão incisivos que o serviço de imigração dos Estados Unidos os recusou um visto para um show esse ano…
Mas, melhor que palavras, é ouvir suas musicas e assistir seus clipes. Experiência única no universo do humor abrasivo do FOKN Bois…