Posts com Tag ‘musica do Benin’

Polyrythmo Madjafalao.pngO Tout-Puissant Orchestre Polyrythmo esta de volta com um novo álbum, Madjafalao, que será lançado no dia 21 de outubro na Europa e uma turnê de lançamento entre outubro e novembro. Infelizmente ainda não tem turnê prevista no Brasil… apesar do imenso desejo do Orquestro de voltar pra cá… Vamos tentar movimentar essa vinda???

Madjafalao, o Polyrythmo fala da evolução da sociedade beninense e da complexidade das relações amorosas.

Para esperar até o lançamento do álbum (Vincent Ahehehinno, cantor e porte-voz do grupo, me prometeu mandar uma musicas, vamos torcer!!!… ), descobrem o novo clipe do TP Orchestre Polyrythmo de Cotonou, Madjafalo, muito bom!

Redescobrem também nossa entrevista exclusiva realizada em São Paulo em outubro 2015:

https://conexaoafrica.com/2015/10/02/programa-do-di-29-de-setembro-t-p-orchestre-polyrythmo-de-cotonou/


Gangbé, que significa “som do metal” em língua fon, tem um estilo único. Enraizados nas tradições beninesas e voltados pelo futuro, o grupo opera uma fusão surpreendente entre o jazz e a musica tradicional do Benin, sem esquecer uma curiosidade pelas musicas dos países que eles atravessaram durante suas turnês.
O grupo Gangbé Brass Band nasceu em 1994, a partir do encontro de 8 músicos benineses que se juntaram para criar essa fusão que liga o passado ao futuro afim de valorizar a originalidade da musica do Benin.
Em 1997, a carreira do grupo vai se ampliar depois de uma participação a um show da Angélique Kidjo. Vai ser o inicio de uma rica carreira internacional, tanto na África que na Europa ou nos Estados Unidos.
O grupo vai então, em 2001, gravar seu primeiro álbum, Togbé, seguido em 2004 pelo disco Whendo e, em 2008, Assiko,
Além de uma energia rítmica contagiosa, o grupo se destaca também pelos textos das suas musicas, textos engajados, que falam da escravidão (como na musica La porte du Non Retour, a porta da não volta), das injustiças, do sofrimento das mulheres, etc…
Descobrem aqui alguns trechos do Gangbé Brass band:
Sala Malekoum (álbum Assiko, 2008):
E uma homenagem ao grande Fela Kuti, Rememeber Fela (álbum Whendo, 2004):